19 de jun de 2011

Moda alternativa: o discreto charme do Rio Vermelho

Sarastro Café Brechó. Foto: Gabriel Fagundes
Nem só de boemia vive o Rio Vermelho! O bairro também tem a sua moda alternativa. Ali, bem escondidinho e discreto, no alto da Rua Belmonte, está o “Sarastro Café Brechó”. Não há placa. Propaganda, menos ainda. O marketing é feito no “boca a boca”. E é assim desde a sua inauguração, em agosto de 2006, quando, após uma temporada de cinco anos em Londres, Carlito Brasil resolveu trazer um pouquinho da atmosfera fashion inglesa para Salvador.

Quem pensa que o “café” no nome é ilusório, engana-se: lá, enquanto você se perde em meio às araras repletas de roupas variadas, é possível, sim, degustar um delicioso café expresso. Aos que querem a bebida mais incrementada, um valor simbólico é cobrado pelo estabelecimento.

O clima do ambiente, proporcionado pela decoração retrô, repleta de peças antigas nos transporta, de fato, para um lugar distante. Talvez para Londres, como idealizou Carlito, ao reformar a garagem que hoje abriga o seu brechó.

O Sarastro tem também acessórios. Foto: Gabriel Fagundes

Preços
O acervo é composto por peças novas e usadas que vão de R$1 a R$70. E não se preocupe com a estação: a coleção da loja é outono/inverno, mas, por “trás da cortinas”, há uma infinidade de outras peças para qualquer época do ano. Caso você cogite duvidar na combinação a ser escolhida, Marco Nery, consultor de imagem, está lá todas as tardes para auxiliar na composição do look.

Peças de Candida Specht.
Foto: Gabriel Fagundes

Ateliê
Não. A discrição fashion não para na rua Belmonte, a Fonte do Boi também “esconde” um pouquinho da moda alternativa do bairro. É lá que, em sua casa, Candida Specht recebe, com hora marcada, as clientes que visitam seu ateliê indicadas por outras, que são indicadas por outras e assim vai...

A marca que leva o seu nome traz bolsas, necessaires, estojos, almofadas e até calcinhas. Acessórios que combinam cores, flores e muita criatividade.

Os tecidos coloridos, que são a principal matéria-prima de Candida, viraram sua marca registrada e firmaram o seu nome, principalmente, por meio virtual. Candi, como é carinhosamente chamada pelas suas clientes, nos recebeu no seu cantinho e posou para um ensaio ao lado das suas artes.

Ensaios fotográficos de Gabriel Fagundes
Candida Specht

Sarastro Café e Brechó

Um comentário: